PARA: MALCOLM TURNBULL E PARLAMENTO DA AUSTRÁLIA

72% da população da Austrália acha que pessoas do mesmo sexo deveriam poder se casar. Realizar um plebiscito para tomar essa decisão seria uma enorme perda de dinheiro, e uma oportunidade para espalhar o ódio contra gays, lésbicas e bissexuais na Austrália.

Mostrem ao mundo que a Austrália não brinca com os direitos humanos.

Não realizem o plebiscito e autorizem o voto de consciência sobre o casamento igualitário.

Esta campanha terminou.

Siga a gente no Facebook e no Twitter para receber atualizações sobre nossas campanhas atuais.

Atualização, 7 de novembro de 2016: Boas notícias na Austrália! O projeto de realizar um plebiscito sobre o casamento igualitário foi engavetado de uma vez por todas no Senado australiano. Membros da All Out no mundo todo ajudaram a impedir essa votação absurda e perigosa de ir adiante. O próximo passo é pressionar o governo australiano para que o casamento igualitário seja discutido e votado no Parlamento.

-----------

72% da população da Austrália acha que pessoas do mesmo sexo deveriam poder se casar. A maioria dos políticos concorda. O primeiro-ministro também.

Então por que o governo australiano quer gastar 120 milhões de dólares num plebiscito sobre o casamento igualitário? Ninguém sabe. Mas é certo que essa votação seria um prato cheio para homofóbicos espalharem mentiras e ataques.

A Austrália está prestes a decidir se leva adiante essa votação absurda e perigosa. Podemos impedir essa loucura, mas precisamos que milhares de pessoas digam ao governo australiano que esse plebiscito não faz o menor sentido.

Assine a petição e diga para a Austrália: não realize a votação mais estúpida do mundo!

Publicado em 7 de setembro de 2016. 

Essa é uma campanha da All Out Action Fund, organização sem fins lucrativos, registrada na categoria 501(c)(4) da Receita Federal dos Estados Unidos.