DIGA AO PAYPAL: Acabe com o negócio do ódio

Assine e junte-se a 0 outro

O PayPal estipula oficialmente que seus usuários "não podem usar o serviço PayPal para atividades que [...] promovem o ódio, a violência, a intolerância racial", mas o PayPal acabou se convertendo no sistema de pagamento favorito de grupos extremistas anti-LGBT ao redor do mundo. O PayPal deve agir imediatamente para fechar estas contas e proibir toda página que promova o ódio anti-LGBT.

Nós vamos proteger sua privacidade e mantê-lo informado sobre esta e outras campanhas semelhantes.