Paul Givan & Partido Unionista Democrático (DUP)

O projeto de emenda proposto pelo DUP pode permitir legalmente que serviços sejam negados a lésbicas, gays e bissexuais. Restaurantes, hotéis e muitas outras empresas podem se recusar a receber pessoas simplesmente por elas amarem quem amam. 

Por favor, retire esse projeto da votação. Arquive-o e mostre ao mundo que a Irlanda do Norte defende a igualdade.

Esta campanha terminou.

Siga a gente no Facebook e no Twitter para receber atualizações sobre nossas campanhas atuais.

O poderoso Partido Unionista Democrático (DUP) na Irlanda do Norte está atacando a igualdade. Membros do partido querem acrescentar uma cláusula antigay às leis que promovem a igualdade no país, o que permitiria que empresas se recusem a prestar serviços a lésbicas, gays e bissexuais. O partido está recebendo opiniões sobre essa proposta até o dia 27 de fevereiro.

A emenda está prestes a ser votada e políticos que defendem a igualdade, como integrantes do partido Sinn Féin, estão trabalhando para detê-la. Uma forte reação do público contra o DUP pode pressionar outros membros da Assembleia a votarem em defesa da igualdade, além de desencorajar que novas leis antigay sejam propostas tanto na Irlanda do Norte quanto em outros países.

A cláusula diz que empresas podem se recusar a prestar serviços caso se sintam obrigadas a “apoiar a relação entre pessoas do mesmo sexo, violando com isso sua identidade de fé”. Ou seja, casais do mesmo sexo podem ser proibidos de alugar uma casa ou expulsos de qualquer restaurante.

Assine agora e mostre que leis antigay são inaceitáveis.

Publicado em 23 de fevereiro de 2015.

Essa é uma campanha da All Out Action Fund, organização sem fins lucrativos, registrada na categoria 501(c)(4) da Receita Federal dos Estados Unidos.