PARA: Ministério Público da Geórgia, Ministério do Interior e Governo da Geórgia

Levan Berianidze e Tornike Kusiani, ativistas LGBT, foram atacados por um grupo de estranhos em Batumi, na Geórgia. Em vez de punir os criminosos, os policiais detiveram Tornike e Levan e os arrastaram para dentro do camburão. Quando chegaram à delegacia, os policiais os insultaram com termos homofóbicos, os obrigaram a tirar a roupa e continuaram os tratando com violência e agressividade. Para completar, eles terão de pagar uma multa por "vandalismo e desobediência civil".

Peço a vocês que

  • retirem todas as acusações de Tornike e Levan;
  • garantam uma investigação rápida, imparcial e eficiente dos ataques realizados pelos criminosos e pelos policiais;
  • estabeleçam medidas para combater a homofobia, a bifobia e a transfobia dentro da polícia e introduzam uma política eficiente para monitorar e prevenir crimes de ódio cometidos por policiais.

Esta campanha terminou.

Siga a gente no Facebook e no Twitter para receber atualizações sobre nossas campanhas atuais.

Atualização - 5 de outubro de 2017: Nossos parceiros da Equality Movement entregaram 37.817 assinaturas de membros da All Out para o Governo da Geórgia. Vamos continuar monitorando a situação e cobrando das autoridades a justiça para Tornike e Levan.

---------------------------

Os ativistas Tornike e Levan foram atacados por um grupo de estranhos em Batumi, na Geórgia, simplesmente por andarem na rua com mulheres trans.

Como a polícia chegou bem rápido, eles acharam que estavam com sorte. Mas os policiais também os atacaram.

A polícia prendeu Tornike e Levan, que foram arrastados para dentro do camburão. Quando chegaram à delegacia, os policiais os insultaram com termos homofóbicos, os obrigaram a tirar a roupa e continuaram os tratando com violência e agressividade.

Para completar, Tornike e Levan terão de pagar uma multa por "vandalismo e desobediência civil".

Por favor, ajude agora mesmo a exigir justiça para Tornike e Levan!

Esta campanha é realizada em parceria com o Equality Movement Georgia.

Publicado em 7 de setembro de 2017

Essa é uma campanha da All Out Action Fund, organização sem fins lucrativos, registrada na categoria 501(c)(4) da Receita Federal dos Estados Unidos.