PARA: DRA. MARGARET CHAN, DIRETORA GERAL DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

Faça com que sua voz seja ouvida na China para:

  • Reafirmar que ser gay não é doença;
  • Condenar as "curas" gays;
  • Convocar todos os países a proibir as chamadas "terapias de conversão".

Esta campanha terminou.

Siga a gente no Facebook e no Twitter para receber atualizações sobre nossas campanhas atuais.

"Fui submetido a uma terapia de "cura" gay na China, onde supostos médicos utilizaram hipnose e eletrochoques para me fazer deixar de ser gay.

Em famílias como a minha, ainda se acredita que ser gay tem "cura" - e clínicas fraudulentas estão tirando proveito disso. Agora, eu quero que meus amigos, minha família e todo mundo na China entenda que ser gay é normal.

Se conseguirmos fazer com que Organização Mundial da Saúde (OMS) se junte a nós e se manifeste contra esses "tratamentos" mentirosos, podemos convencer as autoridades chinesas a proibirem definitivamente a "cura" gay na China.

Por favor, assine minha petição e peça que a presidente da OMS, Margaret Chan, se manifeste contra as "curas" gays na China." - Xiao Zhen

Publicado em 21 de agosto de 2014 – Esta petição é promovida pela All Out em nome de Xiao Zhen, com o apoio da organização Queer Comrades e do Centro LGBT de Pequim.

Essa é uma campanha da All Out Action Fund, organização sem fins lucrativos, registrada na categoria 501(c)(4) da Receita Federal dos Estados Unidos.