Para: Reitoria da Universidade de Estudos Estrangeiros de Guangdong, China

No dia 22 de junho, Jean Ouyang pediu em casamento sua namorada, Xiaoyu Wang. Como milhares de outros casais na China, Jean fez o pedido em público, no dia da formatura do casal.

Mas por causa de sua orientação sexual, elas foram ameaçadas e insultadas por funcionários da universidade, tiveram sua intimidade exposta e sua vida pessoal invadida.

Exigimos que a universidade peça desculpas publicamente para as alunas e suas famílias, e tome medidas abrangentes para impedir a discriminação e o assédio homofóbico no campus.

Esta campanha terminou.

Siga a gente no Facebook e no Twitter para receber atualizações sobre nossas campanhas atuais.

ATUALIZAÇÃO – 28 de julho de 2016: Xiaoyu Wang entregou nossa petição com mais de 75 mil assinaturas para a reitoria da Universidade de Estudos Estrangeiros de Cantão. Vamos continuar pressionando, mas veja o que Xiaoyu Wang tem a dizer para os membros da All Out: “Só quando vi o nome de todos vocês na petição e os comentários na página da All Out no Facebook é que me dei conta do tanto de gente que está me apoiando no mundo inteiro. (...) O meu caso não é único entre estudantes daqui. Espero que a petição possa pressionar a universidade a realizar mudanças positivas. Muito obrigada e tudo de bom para vocês”.

----------------

O momento mais romântico da minha vida se tornou um pesadelo.

No dia em que nos formamos na Universidade de Estudos Estrangeiros de Guangdong, uma das mais respeitadas da China, minha namorada me pediu em casamento. Isso é uma tradição aqui – mas não se você for lésbica.

Depois que as fotos do pedido viralizaram na internet, funcionários do governo na universidade ameaçaram negar meu diploma, dizendo que deveríamos "guardar nossa homossexualidade pra nós mesmas e não incomodar os outros".

E não parou por aí. Eles revelaram minha sexualidade para meus pais, e pediram que a polícia invadisse meu apartamento para coletar anotações pessoais como "prova".

Estou arrasada e humilhada, mas decidi lutar e preciso da sua ajuda.

Assine minha petição e peça que a universidade se desculpe publicamente a mim, minha namorada e minha família – e garantam que isso nunca mais volte a acontecer..

Publicado em 12 de julho de 2016.

Essa é uma campanha da All Out Action Fund, organização sem fins lucrativos, registrada na categoria 501(c)(4) da Receita Federal dos Estados Unidos.